Jandira trata questões habitacionais em três bairros

figueirão

O sábado, 29 de junho, foi dia de encontros da Secretaria de Habitação da Prefeitura de Jandira com comunidades em três pontos da cidade. A titular da pasta, Maura Soares, acompanhada por assessores, participou de reuniões sobre a regularização fundiária no núcleo habitacional Dolores Paschoalin, a retomada da construção de 16 casas no bairro Figueirão e a vistoria de diversos imóveis que estão em áreas de risco e sofreram sinistros no bairro Ouro Verde.

O encontro com os moradores do Núcleo Habitacional Dolores Paschoalin, que engloba mais de 200 famílias e já existe há mais de vinte anos, ocorreu pela manhã, com a presença de representantes da empresa Diagonal, contratada pela Secretaria de Habitação do Estado de São Paulo para realizar serviços de topografia. Na ocasião, a Diagonal apresentou os dados do levantamento que apontou as medidas corretas de cada lote.

A regularização fundiária para o Dolores Paschoalin faz parte do Programa Cidade Legal, do Governo do Estado, e está prevista no Projeto de Lei 29/13, aguardando aprovação pela Câmara Municipal. Ainda será criada a comissão para regulamentar cada lote oficialmente. Maura Soares afirmou que a votação na Câmara deverá começar na primeira quinzena de agosto.

Figueirão: obras com recursos do Governo Federal

As famílias das 16 moradias que estão em construção no Conjunto Habitacional de Interesse Social Figueirão e atualmente são mantidas pelo aluguel social, conversaram com Maura sobre a retomada das obras, paralisadas desde 2008. As casas são parte de uma parceria do Governo Federal com a Prefeitura e os moradores. Maura afirmou que, em breve, com o recurso do Governo Federal, as obras poderão ser retomadas.

A secretária, com a presença do prefeito Geraldo Teotônio da Silva (Gê) aproveitou para informar que a comunidade, entretanto, já trabalha para melhorar o local. Neste sábado, 6, a partir das 8 horas, por exemplo, monitoradas por uma equipe da Prefeitura de Jandira, as famílias farão um mutirão de limpeza em ruas e em terrenos. As casas do Figueirão terão dois quartos, sala, cozinha, banheiro e lavanderia e ocupam um terreno na rua do Campo.

Prefeitura fará casas no Ouro Verde

A visita ao bairro Ouro Verde teve por finalidade a realização, por parte da Prefeitura, de uma vistoria técnica cujo relatório, posteriormente, será encaminhado ao Departamento Jurídico e ao Ministério Público, órgão que quer informações sobre a atual situação das famílias. O bairro fica ao lado do Polo Industrial II e 30 casas sofreram sinistro (rachaduras, desabamentos) em 2009 devido a movimentações de terra no local. Destas, oito foram vistoriadas.

Por conta dos danos, os ocupantes das 30 moradias foram removidas e se encontram em imóveis mantidos por aluguel social, pago em parceria com a empresa Independência Empreendedorismo e a Prefeitura de Jandira, por meio da Secretaria de Ação Social. “A Prefeitura fará a construção das casas para essas 30 famílias em uma área no próprio bairro pelo programa Minha Casa, Minha Vida”, disse Maura. A secretaria frisou que ao todo serão erguidas 80 casas para abrigar famílias que atualmente dependem do aluguel social.


Legenda:

As casas previstas para abrigar moradores do Figueirão terão imóveis sobrepostos, com dois andares, na rua do Campo.

 Crédito: Divulgação/PMJ
Secretário: Vladimir Soares
Jornalista: Ariane Silva
Fotógrafo: José Moreau
PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE JANDIRA/SP
SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO

10 Jul 2013 0 comment
(0 votos)

figueirão

O sábado, 29 de junho, foi dia de encontros da Secretaria de Habitação da Prefeitura de Jandira com comunidades em três pontos da cidade. A titular da pasta, Maura Soares, acompanhada por assessores, participou de reuniões sobre a regularização fundiária no núcleo habitacional Dolores Paschoalin, a retomada da construção de 16 casas no bairro Figueirão e a vistoria de diversos imóveis que estão em áreas de risco e sofreram sinistros no bairro Ouro Verde.

O encontro com os moradores do Núcleo Habitacional Dolores Paschoalin, que engloba mais de 200 famílias e já existe há mais de vinte anos, ocorreu pela manhã, com a presença de representantes da empresa Diagonal, contratada pela Secretaria de Habitação do Estado de São Paulo para realizar serviços de topografia. Na ocasião, a Diagonal apresentou os dados do levantamento que apontou as medidas corretas de cada lote.

A regularização fundiária para o Dolores Paschoalin faz parte do Programa Cidade Legal, do Governo do Estado, e está prevista no Projeto de Lei 29/13, aguardando aprovação pela Câmara Municipal. Ainda será criada a comissão para regulamentar cada lote oficialmente. Maura Soares afirmou que a votação na Câmara deverá começar na primeira quinzena de agosto.

Figueirão: obras com recursos do Governo Federal

As famílias das 16 moradias que estão em construção no Conjunto Habitacional de Interesse Social Figueirão e atualmente são mantidas pelo aluguel social, conversaram com Maura sobre a retomada das obras, paralisadas desde 2008. As casas são parte de uma parceria do Governo Federal com a Prefeitura e os moradores. Maura afirmou que, em breve, com o recurso do Governo Federal, as obras poderão ser retomadas.

A secretária, com a presença do prefeito Geraldo Teotônio da Silva (Gê) aproveitou para informar que a comunidade, entretanto, já trabalha para melhorar o local. Neste sábado, 6, a partir das 8 horas, por exemplo, monitoradas por uma equipe da Prefeitura de Jandira, as famílias farão um mutirão de limpeza em ruas e em terrenos. As casas do Figueirão terão dois quartos, sala, cozinha, banheiro e lavanderia e ocupam um terreno na rua do Campo.

Prefeitura fará casas no Ouro Verde

A visita ao bairro Ouro Verde teve por finalidade a realização, por parte da Prefeitura, de uma vistoria técnica cujo relatório, posteriormente, será encaminhado ao Departamento Jurídico e ao Ministério Público, órgão que quer informações sobre a atual situação das famílias. O bairro fica ao lado do Polo Industrial II e 30 casas sofreram sinistro (rachaduras, desabamentos) em 2009 devido a movimentações de terra no local. Destas, oito foram vistoriadas.

Por conta dos danos, os ocupantes das 30 moradias foram removidas e se encontram em imóveis mantidos por aluguel social, pago em parceria com a empresa Independência Empreendedorismo e a Prefeitura de Jandira, por meio da Secretaria de Ação Social. “A Prefeitura fará a construção das casas para essas 30 famílias em uma área no próprio bairro pelo programa Minha Casa, Minha Vida”, disse Maura. A secretaria frisou que ao todo serão erguidas 80 casas para abrigar famílias que atualmente dependem do aluguel social.


Legenda:

As casas previstas para abrigar moradores do Figueirão terão imóveis sobrepostos, com dois andares, na rua do Campo.

 Crédito: Divulgação/PMJ
Secretário: Vladimir Soares
Jornalista: Ariane Silva
Fotógrafo: José Moreau
PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE JANDIRA/SP
SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO

Última modificação em Sexta, 09 Agosto 2013 19:05

Celular ou tablet?  O Site da Prefeitura é acessível!

Tweets

Mais um evento cultural de Jandira! Não perca amanhã, a partir das 14 horas, no Espaço Biguá. https://t.co/9NsaBRZT3m
Casais de Jandira celebram Casamento Comunitário Acontece, neste sábado (27/05), a partir das 15 horas, o... https://t.co/mZAROygfhC
Regularização fundiária: Vila Carolina é o primeiro loteamento a ser regularizado A Vila Carolina, localizada... https://t.co/6ogBMu8Vi0
Marque aí na sua agenda! É amanhã, 19/05, a partir das 19h, no Teatro Municipal Luiz Gonzaga, o lançamento... https://t.co/lNm7HWGMsr
Jandira entra na Luta Antimanicomial Na próxima sexta-feira (19/05), a praça Aniello Gragnano (Centro) recebe as... https://t.co/8osSQFP4ya

Newsletter

Receba em primeira mão nossos alertas!

  • Editais / Licitações
  • Concursos Públicos
  • Notícias e  Informações

Contate-nos

 Rua Manoel Alves Garcia, 100 - Jd. São Luiz
T: 11 l 4619 8200
   F: 11  l  4619 8205